JUNTANDO LETRAS

Nascemos sozinhos, morremos sozinhos, mas somente juntos podemos construir uma vida .

Textos


MULHER

 
O Homem está colocado onde termina a terra; a mulher onde começa o céu. (Victor Hugo)


 
Quando eu era criança eu sempre ficava encucada e me perguntava por que menino nasce menino e menina nasce menina. E a resposta nunca vinha.
Um dia me atrevi a perguntar para minha mãe. Ela respondeu: - Deus escolhe, filha!
E eu voltava a peguntar: − Por que Deus escolhe menino ou menina, mãe?
Minha mãe me olhava carinhosamente e respondia (mesmo sem paciência, as vezes): − É que não podemos saber as escolhas de Deus, minha filha. Cada um nasce por um motivo. O homem nasce para trabalhar e a mulher para cuidar da casa e dos filhos.
Hummm... Nossa! Que coisa estranha esse negócio. Mas o tempo foi passando e a realidade foi se apresentando de outra maneira.
Na minha casa éramos três meninas e um menino. O menino, por sinal, foi o último a nascer. Eu sempre me perguntava:
− Por que Deus só escolheu menina aqui em casa e só um menino?
Engraçado que meu irmão nasceu no Dia de São Jorge e eu pensava: Nossa, ele nasceu no dia de um Santo, então será especial, porque Deus fez uma escolha que deixou todo mundo feliz. Um menino havia nascido para mudar o cenário de nossa casa. Que bom!
Depois que cresci tive que começar a trabalhar muito cedo. Meus irmãos, exceto uma, também trabalharam desde cedo, mas todos estudaram muito. A que ficava em casa ajudava minha mãe nos afazeres do lar. Família boa era a minha. Mas eu percebi que a grande força de nossa casa estava nas mãos de minha mãe. Ela cuidava da casa, mas se envolvia em todos os assuntos, administrava e organizava as coisas para construção de um futuro para seus filhos.
Como eu admirava minha mãe… Não tenho nem palavras para dizer o quanto ela foi importante em nossa criação.
Quando eu conversava com minhas amigas elas sempre comentavam o papel de suas mães dentro de suas casas, de suas famílias...
Enfim, comecei a pensar que Deus tinha um bom motivo para escolher as mulheres . Elas traziam as crianças ao mundo; Elas cuidavam das crianças; Elas cuidavam do lar e da construção da família…
Então Deus tinha um grande motivo para escolhe-las, claro!
Ela possuia tantos atributos e dos mais sublimes, chorava por ela, pelos filhos, pelos outros e pelo mundo.
Mas chorar é atributo? Sim, é, pois quando eu era criança ouvia dizer que “Homem não chora”. A televisão mudou essa idéia, porque apareciam as novelas e os homens choravam. Contudo, no cômpito geral, não traziam dentro deles o mesmo sentimento da mulher. Elas choravam porque eram sensíveis, amigas, cúmplices da vida de alguém, fortes, inteligentes, capazes, mas ainda assim choravam …
Rita Lee nos disse na canção: “Mulher é bicho esquisito, todo mês sangra/ Um sexto sentido maior que razão…”
E neste caso, com seu sexto sentido maior que a razão, ela protege e com seu sangue carimba sua essência de mulher.
Por isso, agora que já cresci e já saboreei a vida com vários sabores, ou seja, doces, amargos, salgados, insossos etc., olho para o céu e agradeço ao Pai: - Valeu, meu grande amigo, por teres escolhido que eu nascesse menina!
Hoje já não sou uma menina, mas compartilho com todas as minhas amigas o grande prazer de ter nascido mulher, de ter gerado outras vidas, de ter ajudado a cuidar do lar, de ter trabalhado fora, de ter mantido minhas despesas, de ter acompanhado o crescimento do meu rebento, de ter chorado em muitos momentos e, além disso, de ter espalhado, junto com outras mulheres, sementes nesse planeta em que vivemos para que vários seres nascessem e florescessem. E Deus, o grande Pai, agora mais entendido por mim, deu-nos a maior de Suas escolhas para gerar-nos em seu grande útero e abrigar-nos em seu grande seio materno, ou seja, deu-nos graciosa e majestosamente a MÃE TERRA, essa grande mulher que devemos amar e cuidar.
MEG KLOPPER
Enviado por MEG KLOPPER em 08/03/2014

Música: Pretty woman - NSA

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Enviando um e. mail solicitando autorização.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras